Receba nossas novidades:

publicidade (passe o mouse)

| praia do bonete

Turistas de vários países a elegeram a praia mais apaixonante de suas vidas.
Paraíso para casais, aventureiros e amantes da natureza, é a maior e mais estruturada comunidade caiçara de Ilhabela, com algumas pousadas, bares e campings rústicos.
Beleza simples e grandiosa: areia macia (657 m), centenas de amendoeiras e mirantes incríveis, em uma enseada de águas verdes e claras com tartarugas, grandes peixes e baleias viajantes. Sem falar das belas crianças e simpáticos pescadores, do Poço Fundo, dos luaus, das ondas perfeitas, das costeiras para Mergulho Livre, dos boulders e recantos pouco explorados como a cachoeira Riscada e a Trilha do Oricongo.
O Turismo de Base Comunitária, passeio que preserva as tradições locais (2h - R$ 45), inclui a secular Capela de Santa Verônica, uma casa de pau a pique, um hábil artesão e suas esculturas, uma casa de farinha, a Praça da Conversa Mole, a maior frota de canoas de Ilhabela e uma prosa regada a café e histórias de naufrágios, escravos e piratas.
Alguns caiçaras acreditam que os seus traços europeus são herança de um pirata que viveu na Ilha chamado Borges ou então de ingleses, mas a verdadeira história ainda é um mistério. A origem do nome da praia vem de um antigo sesmeiro chamado Antônio Bonete, que recebeu terras na área no ano de 1608. Segundo estudos arqueológicos, mais tarde os descendentes de Bonete construíram na terras desta praia um grande engenho de açúcar, que chegou a ter mais de 90 escravos.
O difícil acesso* à praia e suas limitações - sem carros e celulares e algumas casas com banho frio, luz de velas e sem TV – são o que mantém este paraíso isolado do turismo de massa e dos problemas modernos. Infelizmente a especulação imobiliária pressiona cada vez mais contra a perenidade deste paraíso brasileiro, que resiste graças à união dos verdadeiros amantes do Bonete.
As duas principais formas de chegar no Bonete por mar são:
De lancha, a praia do Bonete está a 30,3 km do píer da praia do Perequê (1h). Agências realizam passeios por R$ 130 a R$ 150 por pessoa (ida e volta).
Também é possível partir desde a “prainha do Tebar” em São Sebastião: 29 km em 1h à 2h / R$ 35 a R$ 50 por pessoa em canoa caiçara ou pequena lancha (valores só de ida).
Os mais aventureiros podem chegar na praia pela bela Trilha do Bonete (13,3 km em 4h30).

* Atenção à previsão do tempo: navegação apenas com mar calmo e fortes chuvas podem interditar a trilha.

Viagens Ecológicas e Culturais é a primeira coleção com padrão internacional sobre pólos ecoturísticos brasileiros. Fruto de 25 meses de acurada pesquisa e árduo trabalho de campo, o volume Ilhabela representa o mais completo e preciso inventariado da oferta turística e das potencialidades deste arquipélago. Saiba Mais!

© 2009 - 2013. Viagens Ecológicas e Culturais - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo deste site. Segurança e Privacidade

Desde 1995 em prol do Ecoturismo e das Atividades ao Ar Livre no Brasil Desenvolvido por PHOTOVERDE + Kaique Lupo

^ Voltar ao Topo