Receba nossas novidades:

publicidade (passe o mouse)

| não esqueça

A seguir algumas informações indispensáveis para você aproveitar ao máximo a sua estadia em Ilhabela:

- O principal acesso à Ilha de São Sebastião (Ilhabela) é feito por balsas - horários e tarifas, clique aqui. Para evitar fila nos feriados e no verão é conveniente usar o serviço de Hora Marcada;

- A Estrada Parque dos Castelhanos, que liga a área urbana da Ilha à praia dos Castelhanos, no lado oceânico do Arquipélago, é exigente mesmo para jipes 4x4, especialmente em dias de chuva. Não tente percorrê-la se não tiver muita experiência ao volante e veículo adequado;

- Existem Centros de Informações Turísticas na Secretaria de Turismo (a 440 m da balsa), junto ao píer da Vila e na praia do Curral;

- A Vila é o centro histórico e turístico de Ilhabela e o Perequê e a Barra Velha são os principais bairros residenciais, comerciais e administrativos, com bancos, mercados, farmácias, restaurantes, prefeitura, hospital, bombeiros, etc;

- Algumas comunidades caiçaras estão abertas ao ecoturismo, como Bonete e Castelhanos. Outras ainda não possuem estrutura básica ou preferem viver isoladas dos turistas, como as das praias Vermelha e Figueira e das ilhas dos Búzios e da Vitória;

- No lado oceânico de Ilhabela não existe energia elétrica (exceto alguns geradores particulares) e só existe serviço telefônico público nas praias do Bonete e dos Castelhanos. Celulares funcionam com limitação e apenas nas localidades voltadas para o continente. O principal meio de comunicação das comunidades e barcos de pesca é o rádio amador VHF (frequência mais usada: Canal 68);

- Indicador biológico da qualidade da água, o “borrachudo” - pequeno inseto voador que “pica” a pele causando coceira - ocorre em maior quantidade no verão, especialmente nas praias afastadas do centro urbano. Para evitá-lo basta usar repelente de insetos;

- Apesar dos ótimos serviços de Ilhabela, não esqueça que você está: 1- em uma ilha, onde é natural existir limitações de conforto e serviços em algumas áreas (praias com comércio restrito, internet instável, etc.); 2- em um patrimônio natural com vocação para o turismo ecológico (onde chuva e insetos não devem ser incômodos, mas admirados); 3- visitando uma área de conservação ambiental, onde existem regras para garantir a perenidade deste paraíso coletivo.

Viagens Ecológicas e Culturais é a primeira coleção com padrão internacional sobre pólos ecoturísticos brasileiros. Fruto de 25 meses de acurada pesquisa e árduo trabalho de campo, o volume Ilhabela representa o mais completo e preciso inventariado da oferta turística e das potencialidades deste arquipélago. Saiba Mais!

© 2009 - 2013. Viagens Ecológicas e Culturais - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo deste site. Segurança e Privacidade

Desde 1995 em prol do Ecoturismo e das Atividades ao Ar Livre no Brasil Desenvolvido por PHOTOVERDE + Kaique Lupo

^ Voltar ao Topo